Voltar

Blog

Estudos

Links

Contato

Fale conosco

Princípios de Fé - Igreja de Deus (7º dia) UNID

 

     01 - DEUS: O Criador dos Céus e da Terra. Gn 1:1; Ap 14:7.

     02 - O ESPÍRITO SANTO: atuação de Deus em poder; força que convence o pecador e que nos inspira, desperta e guia ao pleno conhecimento da verdade. Jo 14:26 e 16:13.

     03 - JESUS: O Filho unigênito de Deus, nascido de Maria por obra do Espírito Santo. É o Cristo ou Messias, Salvador e Redentor dos que o recebem. Jo 1:18; Mt 16:16; Lc 1:26-35; Tt 2:14.

     04 - A BÍBLIA: Palavra de Deus, infalível, única forma de orientação de Fé, cujos ensinos contém a completa revelação do plano da salvação e da vontade de Deus para o homem. 2 Pd 1:20,21; Ro 15:4; 2 Tm 3:15-17.

     05 - Existência de satanás: adversário de Deus e de Seu Povo, enganador, com poderes para transfigurar-se em anjo de luz. Será destruído no Lago de Fogo. Os santos devem resisti-lo. Ap 20:2; 1 Pd 5:8; Ap 12:9; Jo 8:44; Ap 20:10.

     06 - Queda do homem, criado à imagem e semelhança de Deus, porém pela desobediência trouxe maldição, tristeza e morte sobre toda a humanidade. Gn 1:26, 27; 3:16-19; Ro 5:12.

     07 - Punição dos ímpios: Morte, não eterno sofrimento, quando serão lançados no Lago de Fogo, após o Juízo Final. Mt 10:28; Rm 6:23; Is 1:28; Sl 104:35; 2 Pd 2:6; Sl 37:20; Ml 4:1,3; Ap 20:15.

     08 - Plano de Salvação: única forma de se adquirir a imortalidade, a Vida Eterna, preparada por Deus para livrar o homem da segunda morte. 2 Pd 3:9; Jo 3:16; Rm. 5:10,11; 1 Pd 2:24; At 20:28; 1 Co 15:13-23.

      09 - Arrependimento e batismo: Após o arrependimento, o novo convertido deve ser batizado em Cristo Jesus, ingressando assim na Igreja que é o Corpo de Cristo. O batismo bíblico é realizado por imersão, em Nome do Senhor Jesus Cristo, simbolizando morte e sepultamento do velho homem e ressurreição de uma nova criatura para andar em novidade de vida. Mt 3:16; At 8: 38,39; 2:38,39; 8:16; 10:48; 19:5; 22:16; Rm 6: 3-6; Cl 2:12.

      10 - Conduta Cristã: As Escrituras condenam a comunhão com o mundo: 1 Jo 2:16. O fiel não deve se conformar com as obras carnais, mas transformar-se, ser o sal da terra e luz para o mundo. Ro 2:12; Ef 4:23,24; Rm 8:12-14; 1 Tm 4:12; Mt. 5:16; 1 Pd 2:11,12; Gl. 5:16-21; 1 Jo 2:15-17; Cl 3:1-10. Todos os hábitos e vícios levam o homem a profanar o seu corpo (templo do Espírito Santo). 1 Co 3:16,17; 2 Co 6:16; 7:1; Tg 1:14,15; Tt 2:12.

      11 – Alimentação, limpa e imunda: O povo de Deus se abstém de carnes e comidas imundas. Gn 7:1-3; Lv. 11:2-47; Dt 14:3-20; Is 65:1-5; 66:17; At 09-14. Também se abstém do sangue, animais sufocados, dilacerados ou mortos por si e sacrificados aos ídolos.

      12 - ORAÇÃO, Jejum, modos de orar: Oramos a Deus em Nome do Senhor Jesus Cristo, único mediador. Orações sempre que possível de joelhos e com as mãos levantadas. Geralmente, enquanto uma pessoa ora, a Igreja participa com confirmações e ações de graças. O jejum em particular ou coletivamente, mas sempre de forma espontânea. É bíblico se chamar os Presbíteros para orar e ungir aos enfermos, no objetivo do alcance do perdão e da cura divina. Cl. 3:17; Lc 22:41; At 7:60 e 20: 36; 1 Tm. 2:8; Tg 5:14-20.

      13 - Uso do véu, de tecido não transparente, pelas varoas, durante as reuniões. 1 Co 11:1-16.

     14 - Mulheres: Não devem cortar os cabelos, não os trançar ou encrespá-los. Trajes dignos, não devem ser curtos, decotados ou transparentes, não usarem trajes masculinos. 1 Tm. 2:9; 1 Pd 3:3-5; Ap 16:15; Dt. 22:5; Não usar pinturas como faziam as mulheres que não serviam a Deus. II Rs 9:30.

     15 - Comunhão: Ceia do Senhor, celebrada com pão ázimo e com vinho puro. Mt 26:17; Mc 14:12; Lc 22:7; Êx 12:18,19; Dt 32:14. O Lava-pés é realizado durante o ato cerimonial da Ceia, como obediência ao exemplo de humildade dado por Jesus. Jo 13:1-17; Lc. 14:11; Tg 4:10.

     16 - Morte e Ressurreição de Jesus: Biblicamente, Jesus é o Cordeiro Pascal. 1 Cor 5:7; Jo 1:29,36. 19:14 e morreu em 14 de Nisã, dia da Páscoa judaica, que, naquele ano, se deu numa quarta-feira. Passou três dias e três noites na sepultura em razão da própria profecia: Mt 12:40.

     17 - Dons espirituais: Deus pode conceder seus dons, batizando os Seus com Espírito Santo, para aperfeiçoamento dos santos e desenvolvimento de Sua obra. Jo 16:13; At 1:4,5; 2:38, 39; Gl. 5:18-25; 1 Co 12.

     18 - Saudação com a Paz: Paz Seja Contigo, convosco, nesta casa. Jz 6:23; 19:20; Dn 10:19; Lc 24:36; Jo 20:19,21,36; Lc 10:5,6.

     19 - Saudação com Ósculo Santo: Não usada como costume, mas praticada nos momentos certos. Foi usada por Jesus e ensinada pelos Apóstolos: Lc 7:45; At 20:37; Rm 16:16; 2 Co 13:12; 1 Ts 5:26; 1 Pd 5:14.

     20 - Os Dez Mandamentos: É a Lei Divina. Permanece conforme foi dada desde a criação e deve ser observada pelo cristão. Rm 8:4; Êx 20:3-17; 31: 18; 32:16; Tg 2:10; 1 Jo 3:4; Rm 3:20; Mt 5:17.

     21 - O Sábado: Quarto Mandamento do Decálogo, dado para repouso e serviço de adoração ao Senhor Deus. Memorial de criação e sinal do povo de Deus. Gn. 2:3; Êx 20:8-11; Lc 4:16; Lc 23:54-56; At 16:13.

     22 - Casamento: Instituição Divina e honrosa. O casal não deve se separar; caso aconteça, devem ficarem sós ou se reconciliarem. Divórcio e novo casamento: Aqueles que se casarem, após um divórcio, salvo se tal for por infidelidade ou adultério, cometem adultério. 1 Co 7:10–16; Mt 5:31,32.

     23 - Morte e Ressurreição: Não há consciência na morte. Nesta, o fôlego de vida ou espírito do homem sai e ele retorna ao pó; naquele dia perecem todos seus pensamentos. Assim, permanece neste estado de total inconsciência até o dia de sua ressurreição. Ec 9:5,6; Jo 14:13,14; 17:13; Sl 146:4; Jo 11:11-14; Hb 11:39,40.   

     24 - Ressurreição dos mortos: Na segunda vinda de Cristo, os justos mortos ressuscitarão para a vida eterna. Reinarão mil anos com Cristo. Os ímpios mortos só ressuscitarão após o milênio para juízo e condenação ao lago de fogo e enxofre. At 24:15; Jo 5:28,29; 2 Tm 4:1; 2 Ts 4:16; 1 Co 15:51,52; Ap 20:5; 20:13-15.

     25 - A Igreja: A Bíblia apresenta somente uma Igreja, uma Noiva, um corpo do qual Jesus é a cabeça. Ef 1:22,23; Cl 1:18,24. As Escrituras a identificam como a Igreja de Deus: At 20:28; 1 Co 1:2; 10:32; 11:22; 15:9; 2 Co 1:1; Gl 1:13; 1 Tm 3:5 e 1 Co 11:16. O termo entre parênteses (7°dia) nos qualifica como observadores do Sábado, distinguindo a Obra de outras igrejas.

     26 - O Ministério: São duas as sagrações ministeriais confirmadas por imposição de mãos (ordenação) do ministério: "presbítero e diácono"; que são de escolha da Igreja. As demais funções (Pastor, Doutor, Profeta, Evangelista), são dons dados por Deus. O varão designado ao ministério deve ter a esposa em obediência à Palavra. 1 Tm 3:11. A Igreja tem o dever de respeitar e colaborar com o ministério, pois o mesmo é escolhido por Deus para administrar o Seu povo nas questões espirituais. Entre seus integrantes, igualmente, devem haver cordialidade, respeito e consideração. Ef 4:8-16; 1 Co 12:28 At 13:1; Hb 13:7,17; Tt 1:5; 1 Tm 3:8-13. Obs. Só poderão ministrar seus ofícios obreiros devidamente credenciados, e com a credencial revalidada e atualizada pela Diretoria da União Nacional das Igrejas de Deus (7° dia) no Brasil – UNID.

     27 - Manutenção Financeira: É feita por dízimos, ofertas ou contribuição. O dízimo é bíblico e foi mantido no Sacerdócio Messiânico. "E aqui (Sacerdócio Levítico) tomam dízimos homens que morrem; ali (Sacerdócio de Cristo ou de Melquisedeque) os recebe Aquele de Quem se testifica que vive. Hb 7:8; Mt 23.23. - (obs. Conforme Estatuto, a UNID estabelece o emprego das contribuições por meio de dízimos e ofertas, da seguinte forma: 1) - 90% de todas as contribuições, usado em prol Igreja local. 2) - 10%, enviado à UNID para apoio ao trabalho de evangelismo a nível nacional, totalizando 100% de todas as contribuições). 

     28 - Guerra carnal: O povo de Deus deve amar a humanidade e trabalhar em favor de sua salvação. O servo de Deus não deve participar em guerras, pois isso caracteriza-se como violação da Lei de Deus. Rm 12:17,19:21; Mt 5:43, 44; Jo 18:36; Mt 26:51, 52; 2 Co 10:4.

     29 - Não temos por verdadeiros nem comemoramos dias e festas que não constam da Bíblia, tais como: Domingo, Natal, Páscoa, Quaresma e outros, sem apoio nas Escrituras. Rm 1:25; Jr 10:2; Ap 2:20. O único dia santificado por Deus é o Sábado, o sétimo dia da semana.

     30 - Admissão de Membros ou obreiros das denominações religiosas, será mediante:

     a). - Aceitação do Estatuto da UNID, das Igrejas filiadas, e dos pontos fundamentais de Fé aqui constantes. 

     b).- Receber o batismo das águas em Nome de Jesus, conforme item 09 deste documento e quando submetido à avaliação do Ministério conforme estatuto e regimento em vigor.  

     31 - Profecias Bíblicas e sinais de seus cumprimentos: Movidos pelo Espírito Santo, os profetas escreveram as profecias, cujo objetivo é nos trazer luz e conhecimento dos fatos a acontecer; da volta de Cristo, Armagedom, Milênio, etc… 2 Pd 1:19-21; Mt. 24:1-41; Lc 21:6-33; Tt 4:1-3; 2 Tm 3:1-7.

     32 - Restauração de Israel: É um sinal que o retorno de Cristo está próximo. Jesus recomenda observar a figueira. A Figueira é Israel e ela já brotou como sinal de Sua volta. Lc 21:29-31.

     33 - Segunda vinda visível do Senhor Jesus: Após a transformação dos fiéis militantes, em corpos espirituais, e a ressurreição dos que dormem em Cristo, a Igreja triunfante será arrebatada ao encontro do Senhor nos ares. 1 Ts 4:16,17. Das alturas, o Senhor descerá com a Igreja, para intervir na grande batalha, conhecida por Armagedom, e estabelecer o Seu reino, assentar-se sobre o Trono de Davi e reinar com os santos sobre os sobreviventes que restarem do terrível Dia do Senhor. At 1:9-11; Jo 14:1-3; At 3:20; Jo 19:25-27; Ap 1:7; Mt 25:31-32; Lc 1:32.

     34 - Reino Milenar de Cristo sobre a Terra: Durante o Milênio, período de restauração de todas

as coisas ou regeneração, o Planeta será renovado, os santos, como Reis e Sacerdotes, reinarão sobre a Terra com Cristo, sobre as nações sobreviventes. Será uma era de paz e prosperidade. Satanás será preso por mil anos; a besta e o falso profeta serão lançados no Lago de Fogo e Enxofre e todos os inimigos de DEUS serão julgados. Após os mil anos, satanás será solto, por um pouco de tempo; sairá a enganar as nações (da Terra) na tentativa de atacar a Capital do Reino Milenar, Jerusalém terrena, mas serão todos eliminados. Satanás finalmente será lançado no Lago de Fogo e destruído para sempre. Trata-se do Juízo Final e a destruição do último inimigo, a morte. Ap 11:15; Zc 14:4-9; Dn 2:34, 35, 44, 45; Ap 5:9-10; 19:19,20; 20:4-15; At 3:21; Mt 19:28; 1 Co 15:24-28; Is 2:2; Mq 4:1-4; Dn 7:8, 22,27.

     35 - A Nova Terra: Concluso o Milênio, e destruída a morte, a Terra estará radicalmente purificada. Esta será a "Nova Terra" preparada para receber a Santa Cidade, a nova Jerusalém que descerá do Céu, como morada de Deus com os homens. É o instante da entrega do Reino ao Pai, por nosso Senhor Jesus Cristo. Deus agora habitará com o Seu Povo, será tudo e em todos, e o Seu Reino, Eterno! 1 Co 15:24-28; 2 Pd 3:13; Ap 21:2-4, 10,23 e 22:1-5.

     36 - Aperfeiçoamento doutrinário: Estes Pontos Fundamentais de Fé estarão em aberto para novas revelações bíblicas. Todos os Membros, Oficiais ou Ministros em plena comunhão com a Igreja de Deus (7° dia), poderão apresentar novas sugestões Bíblicas ao Concílio, assim procedendo: Preparar o estudo ou sugestão em cópia e remeter a Diretoria da UNID. É vedado divulgar o assunto pregar ou comentar, antes da aprovação final pelo Concílio Geral. A Diretoria se encarregará de distribuir cópias de estudo aos Ministros para análise, e os mesmos manterão sigilo.

 

 

Fonte: UNID - Estatuto

Informação Importante:

Prezado amigo visitante, se o assunto lhe interessa, entre em contato conosco e solicite o estudo completo. Enviaremos gratuitamente pelos Correios, portanto, é necessário informar um endereço postal com número da residência e cep: Informe também um email válido, e não esqueça de consultar sua caixa de E-mails e Spam regularmente.

Se preferir, você pode entrar em contato conosco diretamente pelo portal do site. É mais eficiente e fácil de controlar. Para isso clique aqui:  CONTATO ou pelo

 Fale conosco Estamos à disposição para atender em tudo que estiver ao nosso alcance.